“As Cartas de Cristo”, nas palavras do Mestre: “A Voz e o Poder do maior, do Fazedor do bem, assim como do mais humilde trabalhador que varre o chão ou os caminhos do jardim deixam igualmente um vazio. Cada um ocupa um lugar especial no ambiente. Cada um traz seu próprio talento, sua própria personalidade, sua própria maneira de fazer as coisas, seu próprio impacto nas pessoas com quem fala, no lugar onde vive e trabalha. Cada um é essencial em seu próprio quadro de vida. Ninguém pode roubar a importância de uma pessoa a não ser ela mesma, ao negar seu próprio valor”.

caozinho

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s